IMAGEM_MERCADO.jpg

MERCADO

O Brasil é o terceiro maior mercado do mundo de cosméticos, o primeiro de perfumaria*. Somos um povo apaixonado por beleza e cuidados pessoais. Este segmento possui variadas possibilidades de negócio em diversos nichos. Apesar de tradicionalmente uma área de interesse feminino, homens e crianças representam uma fatia significativa do faturamento desta indústria. Linhas profissionais, para esteticistas ou cabeleireiros, por exemplo, ou de cuidados diários, facial, corporal ou capilar, tem grande possibilidade de sucesso, desde que desenvolvidas com bom planejamento e ações assertivas. Empreender nesse mercado requer algumas habilidades para enfrentar os desafios, contudo, o baixo investimento relativo e a alta possibilidade de ganhos o tornam um lugar único para investir. *(Dados da ABIHPEC)

IMAGEM_MARCA_PROPRIA.jpg

MARCA PRÓPRIA

Embora o mercado de cosméticos seja dominado por algumas grandes empresas, que se fazem presentes pela venda direta ou nas prateleiras dos supermercados, sempre há espaço para o sucesso no desenvolvimento de novas marcas. Isso porque, acostumados às constantes inovações e novas tecnologias do setor, os consumidores tendem a abrir espaço para boas propostas. Produtos que trazem diferenciais ou que representem marcas já consolidadas de outros setores, como grifes de roupas, por exemplo, podem destacar-se ao serem lançados sob um bom plano de marketing bem estruturado. Para isso, é importante que o empreendedor pense de modo amplo desde a concepção da marca, estruturando um plano de negócio claro e detalhado.

IMAGEM_TERCEIRIZACAO.jpg

TERCEIRIZAÇÃO

No processo de construção de uma marca de cosméticos, o empreendedor precisa dedicar muito tempo em vários setores de sua empresa, como canais de venda, ações de marketing e estrutura operacional. Por este motivo, é importantíssimo que a produção seja confiada a indústrias verdadeiramente competentes. Terceirizar traz ao empresário o tempo necessário para focar na divulgação e venda de seus produtos, sem se preocupar com o detalhado processo industrial, entretanto, se o seu fornecedor não tem compromisso com a qualidade e com os prazos estabelecidos, ao invés de benefícios, o empreendedor se vê diante de imensos problemas. Portanto, terceirizar é melhor opção nesse mercado, desde que com parceiros sólidos e confiáveis.